TELEFONE (11) 3666-9893 - Atendimento: 9:00 às 17:00

Parceiros

Confusão em torre de controle quase causa acidente aéreo entre dois aviõesPostado em: 22 de julho de 2021

Aeronave iria pousar na mesma pista prevista para a decolagem de outro voo, descreve relatório investigativo de aeroporto em Paris

Uma confusão feita por uma controladora de tráfego aéreo no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, quase fez com que dois aviões se chocassem a menos de 300 pés um do outro em julho passado, de acordo com um relatório divulgado na terça-feira (20).

O incidente, que ocorreu em 20 de julho de 2020, envolveu um Boeing 787 da United Airlines vindo de Newark, Nova Jersey, e um EasyJet Airbus A320 se preparando para decolar em rota para Málaga, na Espanha, de acordo com o relatório da autoridade francesa de investigação de segurança aérea para a aviação civil (BEA).

Na época, os aviões estavam decolando da pista 09R e aterrissando na 09L, de acordo com o relatório, mas o controlador disse ao avião da United Airlines para aterrissar na 09R.

A tripulação procurou confirmar a mudança da pista usando as palavras “entendido” e “alterar para a pista direita da 9”, de acordo com o relatório. Entretanto, a controladora não verificou o retorno da tripulação e prosseguiu dizendo ao avião EasyJet para se preparar para a decolagem da pista 09R.

Neste ponto, o avião da United Airlines ainda estava alinhado para aterrissar na 09L, então a tripulação iniciou a manobra, mas quando eles verificaram novamente, o avião estava chegando prestes a aterrisar na sua pista.

A tripulação do EasyJet então perguntou ao controlador por que o avião da United Airlines estava descendo na 09R, e alertou sobre uma possível colisão. Neste ponto, o avião estava voando a uma altitude de 300 pés, a 1.300 metros do final da pista.

Tanto a tripulação do EasyJet quanto o controlador disseram à tripulação da United Airlines para subir mais uma vez, e os pilotos abortaram seu pouso.

No momento em que os aviões se cruzaram, estavam separados por apenas 300 pés.

Apuração

A controladora não tinha uma linha de visão direta para as pistas 09 porque o equipamento que estava voltado para eles parecia estar quebrado, e ela estava trabalhando em uma tela diferente, de acordo com o relatório.

No momento do incidente, a tela voltada para as pistas 09 havia sido fixada, e a controladora se preparava para mudá-la, o que a deixou “preocupada”, de acordo com o relatório.

Ela também disse aos investigadores que havia sido confundida por um pedido anterior de um avião diferente para pousar na pista 09R, que é mais longa que a 09L, devido a dificuldades técnicas.

A BEA nomeou vários fatores que contribuíram para o incidente, incluindo o fato de que a controladora sem prática na função devido à redução do tráfego aéreo durante a pandemia de Covid-19.

Os investigadores também disseram que a tripulação da United Airlines deveria ter usado o termo “confirmar” ao invés do termo “entender”, que não é o padrão.

CNN pediu um posicionamento do aeroporto Charles de Gaulle de Paris.

 

 

Fonte: CNN