TELEFONE (11) 3666-9893 - Atendimento: 9:00 às 17:00

Parceiros

Dicas para instalar um sistema de vigilância em residênciasPostado em: 16 de julho de 2012

 

Existem várias opções para analisar antes de tomar uma decisão de compra, mas mais importante é considerar um bom sistema de vigilância com alta resolução, porque isso vai ajudar a analisar claramente as imagens de vídeo gravadas como o que está acontecendo ao vivo.

AirLive fornece instaladores a oportunidade de trabalhar com câmeras IP de 1,3 e 2 megapixel a um preço acessível, incluindo algoritmos de compressão de vídeo que permitem mais tempo de gravação no disco rígido. Além disso, estas câmeras podem transmitir o que está acontecendo dentro de casa para qualquer lugar do mundo através de um tablet, smart phone ou notebook.

Estas são apenas algumas das vantagens que têm aqueles que precisam instalar um sistema de vigilância em residência baseado na solução IP AirLive. O próximo passo é selecionar as câmeras IP. Para isso AirLive tem mais de 25 modelos.

Os 5 passos básicos para instalar um sistema de vídeo vigilância residencial

1) O primeiro passo é obter um roteador com acesso à Internet para câmeras IP. Isso deve ser configurado em cada router com regras chamadas “Virtual Server”. Para alguns instaladores esta tarefa é muito complicada, e requer um longo período de trabalho.

Recomenda a instalação do WN-220R, router plug and play projetado especialmente para câmeras AirLive.

Com este equipamento, o instalador apenas deveria conectar os cabos das câmeras para o roteador. Assim, o acesso às câmeras IP pela Internet são automaticamente configurados para permitir aos usuários visualizar remotamente o que está acontecendo em suas residências.

Os usuários que precisam instalar mais de quatro câmeras IP podem comprar o roteador AirLive GW-300R plug and play, que permite conectar até 8 câmeras IP AirLive.

2) O segundo passo é determinar que tipo de câmera será usada em diferentes lugares da residência. Também deve ser levado em conta o número de ambientes que tem a residência para determinar quantas câmeras serão instaladas.

Aqui, AirLive recomenda a câmera tipo cubo IP-200PHD-24 de 2 megapixel com una excelente resolução a um custo verdadeiramente baixo. Esta é uma câmera compacta de 2 megapixel que suporta áudio bi-direcional, alta definição (30 fps), visualização pelo celular, detecção de movimentos e zoom digital, além de slot para cartão de memória permitindo gravação de eventos na própria câmera.

3) Nesta fase deve ser avaliado se a casa tem um parque, jardim ou estacionamento.

Se assim for, precisará instalar pelo menos uma câmera com gabinete exterior e com infravermelho, garantindo assim a vigilância, mesmo em ambientes obscuro.

Aqui AirLive recomenda a câmera OD-325HD. Além de seu custo accessível, um fator muito sensível no segmento residencial, este modelo oferece uma resolução de 1.3 megapixel e campo de visão noturna até 25 metros. Com se trata de uma câmera fixa, caso o parque, jardim ou estacionamento seja amplo deverá ser considerada a opção de colocar mais de uma câmera para ter uma visão completa da área.

4) Outro aspecto importante é a segurança da entrada da residência. Para esta, AirLive recomenda colocar uma câmera tipo domo para exteriores com pan/tilt para mover sua área de visão a partir de qualquer computador ou dispositivo e obter uma visão mais abrangente. Também o administrador pode definir “tours” para as câmeras ainda variar a área de foco em determinado período de tempo. Os modelos que melhor se adaptam nessas aplicações são as câmeras AirLive OD-2060HD, POE-280HD, POE-250HD ou POE-100HD.

5) O ponto importante a fechar o círculo do sistema de vigilância IP é determinar onde concentrar as gravações feitas pelas câmeras. A alternativa mais simples para não depender de um PC ligado o dia inteiro é optar por um NVR. Este dispositivo permite colocar até dois discos de dois terabytes para armazenar as gravações de todas as câmeras. Este dispositivo pode ser acessado a partir de um PC, de celulares ou tablets, localmente ou remotamente, para ver todas as câmeras de uma vez e conhecer em detalhe o que está acontecendo na residência. Os NVRs vêm em versões com 4, 8 e 16 canais de câmeras, dependendo de quantas são instaladas na casa.

Sistema de vídeo vigilância IP baseado em uma solução de 4 câmeras IP cabeadas.

Modelos recomendados:

-IP-200PHD-24 (2)

-POE-280HD (1)

-OD-325HD (1)

-1 router

-1 NVR.

( Os modelos de câmera devem adaptar-se às necessidades de cada aplicação.)