TELEFONE (11) 3666-9893 - Atendimento: 9:00 às 17:00

Parceiros

Especialistas encontram falha de segurança em conexões ThunderboltPostado em: 11 de maio de 2020

Pesquisadores de segurança da Eindhoven University of Technology, na Holanda, descobriu vulnerabilidades em portas físicas que contenham a tecnologia Thunderbolt, criada pela Intel e presente em alguns tipos de conexões USB, por exemplo. Segundo a revista americana Wired, as falhas atingem todos os computadores com suporte à tecnologia que tenham sido fabricados até 2019. Com a falha, hackers que tiverem acesso físico aos dispositivos poderão se aproveitar da brecha para invadir e roubar dados do computador, por exemplo.

De acordo com a descoberta, os dados podem ser recolhidos em poucos minutos a partir da porta Thunderbolt. O acesso precisa ser físico, ou seja, com a conexão de um cabo e não remotamente, mas especialistas alertam que a falha pode atingir computadores que estejam bloqueados com senha e até mesmo tenham seu disco rígido criptografado.

A maior preocupação dos especialistas é o reparo dessa falha. De acordo com o estudo, a vulnerabilidade não pode ser corrigida no software, apenas em um novo modelo de hardware. Desde 2011, computadores e notebooks da Apple tem utilizado a conexão Thunderbolt em seus dispositivos. A porta Thunderbolt é uma tecnologia desenvolvida pela Intel, que permite a transmissão de dados entre dispositivos, de forma semelhante às conexões USB, com mais velocidade.

Assim como a tecnologia USB, a Thunderbolt passou por atualizações de melhorias e, atualmente, sua versão mais atual – Thunderbolt 3 – tem conector compatível com as entradas USB-C. Geralmente, um pequeno raio ao lado da entrada USB-C e na ponta do cabo conector indicam suporte à tecnologia Thunderbolt.

Segundo a Intel, essa falha já era conhecida e que as atualizações necessárias já foram aplicadas em dispositivos novos a partir do ano passado, mas a Wired afirma que a solução não foi aplicada em todos os aparelhos.

Para desabilitar a tecnologia Thunderbolt dos computadores, é necessário acessar o Sistema Básico de Entrada e Saída, o BIOS e habilitar a criptografia do disco rígido.