TELEFONE (11) 3666-9893 - Atendimento: 9:00 às 17:00

Parceiros

Grupo ataca restaurante árabe no centro de São PauloPostado em: 2 de setembro de 2019

Inaugurado em janeiro de 2016, o Al Janiah emprega refugiados da Palestina, Síria, Cuba e Argélia; estabelecimento atribui ataque a “fascistas”

 

Considerado uns dos points hipster do centro de São Paulo, o restaurante árabe Al Janiah, localizado no Bixiga, sofreu um ataque na madrugada deste domingo (1) . Um grupo de homens atirou garrafas e gás de pimenta dentro do estabelecimento quando passava pela calçada, em frente ao local.

O momento do ataque foi flagrado em um vídeo que está circulando nas redes sociais. Um internauta compartilhou as imagens e classificou o caso como um “atentado” realizado por “fascistas”.

 

O Al Janiah é um restaurante administrado por Hasan Zarif, um brasileiro, filho de palestinos. Inaugurado em janeiro de 2016, o Al Janiah emprega refugiados da Palestina, Síria, Cuba e Argélia, e promove semanalmente debates sobre política e cultura no espaço.

 

Procurada, a assessoria de imprensa do restaurante confirmou o ataque e informou que foi realizado por um “grupo fascista”. Ninguém ficou ferido. . Em nota divulgada neste domingo (1), o Al Janiah comunicou que o ataque ocorreu por volta das 3h30 da madrugada.

 

“Câmeras de segurança registraram o momento do covarde ataque que foi prontamente contido pela segurança da casa. Os membros do grupo fugiram na sequencia”, diz o texto.

 

Os administradores do restaurante acreditam que o que motivou a violência foi intolerância. “Desde o início o Al Janiah sempre foi conhecido por ser um espaço democrático. Sua história se liga à luta pela Libertação da Palestina”, informa a nota.

 

Os donos do restaurante já acionaram seus advogados para tomar as medidas cabíveis. Na nota, o estabelecimento afirma ainda que vai se manter firme e representando “resistência”. “Nos mantemos firmes na luta, tão necessária nesse contexto de ataque a democracia. Nossa resistência continua e nossa programação cultural segue normalmente, em defesa da Cultura e celebração da diversidade”, conclui.

 

Ainda de acordo com a assessoria do restaurante, os donos do Al Janiah não registraram a ocorrência em nenhuma delegacia.

 

Fonte: https://vejasp.abril.com.br/cidades/grupo-ataca-restaurante-arabe-no-centro-de-sao-paulo/

 

A Escola Superior de Segurança irá realizar, em setembro, um curso de Antiterrorismo em instituições de ensino com ênfase em “active shooter” e agressores em massa em ambientes confinados. Saiba mais, acesse: