TELEFONE (11) 3666-9893 - Atendimento: 9:00 às 17:00

Parceiros

Secretaria de Segurança apresenta Relatório de Criminalidade de 2020Postado em: 14 de janeiro de 2021

Foi apresentado o Anuário de Segurança, que mostra os dados referentes aos crimes que ocorreram no ano de 2020.

 

Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSPI), apresentou na manhã desta terça-feira (12), o Anuário de Segurança com levantamento dos dados relativos ao índice de criminalidade no estado do Piauí, no ano de 2020.

O relatório foi apresentado na Academia de Polícia do Piauí, contou com a participação das polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal, e teve como objetivo discutir os dados de criminalidade registrados no ano de 2020, em relação ao ano de 2019.

Segundo o delegado João Marcelo, houve uma queda nos registros de boletins de ocorrência a partir do mês de março e isso pode estar relacionado a chegada da pandemia. “É importante ressaltar que isso não significa que diminuiu a violência, o feminicídio, mas que o número de casos registrados teve uma queda em relação ao ano de 2019”, disse o delegado.

Nos relatórios apresentados constam dados relativos ao crescimento de mortes violentas intencionais, roubo a bancos e ainda uma redução no registro de violência contra mulher.

Ainda conforme o delegado, foi registrada uma diminuição de quase 7% nos casos de feminicídio no estado, em relação ao ano de 2019. Os roubos que anteriormente foram registrados em 5 áreas de atuação em Teresina, passaram para 3. No entanto, passou de 17,93% para 21,67% o número de mortes violentas intencionais, e houve um aumento de 100% nos casos de roubo a bancos no ano de 2020.

Em entrevista à imprensa, o Secretário de Segurança Pública do Piauí, coronel Rubens Pereira, afirmou que o objetivo de reunir os grupos policiais é estudar e estabelecer formas de conter a criminalidade em 2021.

“O que nós queremos nesse momento é traçar estratégias para diminuir os índices de violência em todo o estado. Precisamos conter essa onde e fazer o que está ao alcance da polícia”, disse,

Ainda segundo ele, nos primeiros dias do ano de 2021 já foi observado um aumento significativo no número de mortes violentas em relação a 2020 e as polícias vão trabalhar de forma integrada para evitar esses casos.

 

Fonte: GP1