TELEFONE (11) 3666-9893 - Atendimento: 9:00 às 17:00

Parceiros

Windows 10 recebe correção para vulnerabilidade crítica de segurançaPostado em: 8 de julho de 2021

Diversas versões do Windows vão receber um novo pacote de correção com atualizações cumulativas ao longo desta semana. Segundo a Microsoft, o pacote corrige uma vulnerabilidade crítica presente, inclusive, no Windows 10 21H1, a versão mais recente do sistema.

A atualização visa resolver uma brecha chamada ‘PrintNightmare’, que permite que invasores em potencial aproveitem um serviço de impressão (‘Windows Print Spooler‘) para espalhar malware.

Como os detalhes técnicos sobre como explorar a vulnerabilidade foram divulgados antes que a falha fosse corrigida, a recomendação para os administradores de servidores era desabilitar o serviço afetado.

A gravidade da brecha de segurança, identificada internamente como ‘CVE-2021-34527‘, levou a Microsoft a lançar rapidamente um patch de correção. A atualização específica que corrige o problema é denominada KB5004945.

“Após instalar esta e as atualizações posteriores do Windows, os usuários que não são administradores só poderão instalar drivers de impressão assinados em um servidor de impressão. (…) A Microsoft recomenda que você instale imediatamente esta atualização em todos os sistemas operacionais de cliente e servidor Windows, começando com os dispositivos que atualmente hospedam a função de servidor de impressão.”

Por fim, vale ressaltar que a atualização é obrigatória, portanto, também estará disponível para todos através do Windows Update e será eventualmente instalada automaticamente. Se preferir, o usuário também pode baixar a atualização manualmente.

Windows 11 será uma atualização gratuita

Vale lembrar que o Windows 11, anunciado recentemente pela Microsoft, será distribuído como uma atualização gratuita para todos os usuários que já possuem uma licença do Windows 10 (assim como este foi uma atualização gratuita para o Windows 7 e 8.1).

Entretanto, para rodar o sistema, o PC precisará preencher alguns requisitos mínimos. Entre eles ter um processador 64 Bits com 2 ou mais núcleos rodando a pelo menos 1 GHz, 4 GB de memória RAM, um HD de pelo menos 64 GB, um monitor com resolução HD (720p) com 9″ ou mais e BIOS UEFI compatível com o recurso de segurança SecureBoot.

 

 

Fonte: Olhar Digital